Estresse no trabalho
Artigos, Maquinações

CONHEÇA 7 PROBLEMAS PSÍQUICOS QUE MAIS AFASTAM PESSOAS DO TRABALHO

O critério para considerar uma doença como incapacitante é que ela inviabilize a vida profissional do paciente.

Impossibilitado de trabalhar, o sujeito pode se sentir ainda pior, percebendo-se inútil, sem valor e dependente de outros para seu sustento.

O impacto da saúde mental na capacidade de trabalhar é tão grande que, das dez maiores causas de incapacidade laboral, cinco estão ligadas a problemas psíquicos.

Conheça as 7 doenças psicológicas mais incapacitantes do mundo, segundo a OMS – Organização Mundial de Saúde.

1. Depressão

Depressão: apatia e tristeza

Número um entre as das doenças mais incapacitantes, a depressão atinge mais de 300 milhões de pessoas no mundo todo.

O problema é caracterizado por um misto de sintomas, cuja apresentação varia de pessoa para pessoa. Entre eles, estão: apatia, sensação de vazio, tristeza profunda e prolongada, desinteresse por atividades que antes proporcionavam prazer e sensação constante de culpa.

Leia mais sobre DEPRESSÃO AQUI.

2. Síndrome de Burnout

Burnout e estresse profissional

Segundo a International Stress Management Association (Isma), 30% trabalhadores brasileiros têm a Síndrome de Burnout.

O problema é caracterizado por uma profunda sensação de esgotamento físico e mental, e está diretamente ligado à situação profissional. Um trabalho altamente estressante costuma estar por trás do Burnout.

Seus sintomas incluem ansiedade, raiva, tonturas, dor de cabeça, alterações no apetite, no sono, necessidade de isolamento social.

3. Síndrome do Pânico

A Síndrome do Pânico é um transtorno de origem ansiosa / fóbica. O paciente costuma sofrer crises de ansiedade, de periodicidade e intensidade variáveis.

Entre os sintomas sentidos durante estas crises, estão: dores no peito, falta de ar, sensação de morte iminente, tremores, sensação de frio nas extremidades (pés e mãos), pensamento ultra acelerado.

A preocupação com possíveis novas crises costuma impor limites cada vez maiores à vida dos pacientes, podendo fazer com que abandonem por completo suas atividades cotidianas.

Leia mais sobre SÍNDROME DO PÂNICO AQUI.

4. Esquizofrenia

Diferentemente dos demais transtornos aqui listados, a Esquizofrenia é classificada no rol das psicoses.

As psicoses são doenças complexas e de prognóstico limitado.

Na esquizofrenia, o paciente experimenta dificuldade na percepção da realidade e de si mesmo, vivendo em um mundo aparentemente isolado (só seu). São comuns alucinações, delírios e pensamentos desconexos.

5. TAG – Transtorno de ansiedade generalizada

O TAG também tem a ansiedade como pano de fundo. Grosso modo, a ansiedade é a sensação resultante de uma tentativa (por definição, fadada ao fracasso) de antecipar o futuro.

O problema tem sintomas semelhantes a outros transtornos de ansiedade, como a Síndrome do Pânico, tais como nervosismo intenso, preocupação e antecipação pessimista de situações.

Leia mais sobre TAG AQUI.

6. Transtorno bipolar

O transtorno bipolar se caracteriza por instabilidade de comportamento e humor, com alternância entre períodos de euforia (ou mania) e de depressão.

Os períodos de mania e depressão variam não apenas de paciente para paciente, mas dentro da história de vida de um mesmo paciente.

Nos períodos de mania, há uma exaltação de humor, irritabilidade e raiva (podendo resultar em explosões agressivas). Em situações extremas, pode haver episódios de delírio ou alucinação.

O período depressivo é caracterizado por apatia, tristeza, alterações no sono e apetite, e falta de prazer.

Leia mais sobre TRANSTORNO BIPOLAR AQUI.

7. Transtornos relacionados ao uso de substâncias psicoativas

São exemplos de substâncias psicoativas o álcool e as drogas ilícitas, como cocaína, maconha, crack, heroína etc.

O abuso dessas substâncias, geralmente caracterizado como “vício”, traz diversos problemas físicos e psíquicos, além de dificultar questões importantes ao trabalho, como pontualidade e assiduidade.

Leia mais sobre ABUSO DE ÁLCOOL AQUI.

ENTRE EM CONTATO COMIGO

WhatsApp: Clique aqui

Ou preencha o formulário de contato AQUI.

Psicólogo Msc. Rodrigo Giannangelo
CRP 06/56201-2

📲 No fim da página, inscreva-se gratuitamente no blog para receber todas as atualizações!

Deixe uma resposta