Artigos, Maquinações

ESTOU COM MEDO DE SAIR DE CASA: A “SÍNDROME DA CABANA”

Depois de 5 meses de recomendações rígidas em relação ao distanciamento social, algumas atividades estão sendo retomadas.

Neste momento, algumas pessoas que estavam frustradas por ficar em casa têm sentido medo de retornar ao mundo exterior.

O termo “Síndrome da Cabana” é utilizado para nomear essa angústia diante da ideia de sair e retomar o contato social, após tanto tempo de isolamento. Sua origem remonta ao início do século passado, nos Estados Unidos, para descrever a situação de trabalhadores que, durante o inverno rigoroso, passavam longos períodos abrigados em cabanas, e depois tinham dificuldade de retomar sua vida social.

Dois fatores concorrem para isso.

  1. No início da pandemia, o isolamento trouxe a sensação de aprisionamento. Com o passar do tempo, porém, muitas pessoas foram se acostumando a ele, e percebendo vantagens, como ter mais tempo para a família e para si mesmo.
  2. Durante esses meses, as pessoas aprenderam que ficar em casa é a única atitude segura diante do Corona vírus, e agora se sentem desprotegidas diante da possibilidade de sair.

Como identificar

Obviamente, o medo de sair de casa é o mais importante sinal da “Síndrome da cabana”, mas outras situações costumam estar presentes:

  • Irritabilidade
  • Incerteza ou pessimismo em relação ao futuro
  • Dificuldade de concentração
  • Excesso ou falta de sono
  • Preocupação excessiva com a saúde
  • Tristeza ou angústia

ENTRE EM CONTATO:

OU PREENCHA ABAIXO!

Psicólogo Msc. Rodrigo Giannangelo
CRP 06/56201-2

 No fim da página, inscreva-se gratuitamente no blog para receber todas as atualizações!

Deixe uma resposta