Artigos, Maquinações

CONHEÇA 14 SINAIS DE QUE VOCÊ É UMA PESSOA INTROVERTIDA

A aproximação entre os conceitos de “timidez” e “introversão” é frequente, mas não ajuda as pessoas a se conhecerem e compreenderem melhor. Por isso, é importante a diferenciação.

A introversão é uma característica de personalidade. Pessoas introvertidas são reservadas e reflexivas, e obtém satisfação em conviver com seu mundo interno, muitas vezes em detrimento do externo. Frequentemente, são vistas e descritas pelas demais como ensimesmadas, ou seja, voltadas para dentro de si mesmas.

Já a timidez envolve medo, incômodo em situações de interação social.

Tímidos e introvertidos podem manifestar os mesmos comportamentos, mas por motivos diferentes.

Por exemplo, um tímido e um introvertido foram convidados para uma festa muito animada, onde haverá muitas pessoas interessantes, mas até então desconhecidas.

Nenhum dos dois vai à festa.

O tímido pode até ter vontade de ir, mas só de pensar no estresse e na vergonha, desistirá. O introvertido apenas decidirá que é melhor fazer algo sozinho em casa.

Na dúvida?

Conheça alguns sinais comuns às pessoas INTROVERTIDAS:

1. Conversas sobre assuntos “superficiais” não fazem sentido e são evitadas.

A famosa expressão “jogar conversa fora”, ou seja, papear sobre qualquer coisa, sem maior objetivo, costuma significar, para o introvertido, uma verdadeira e inconcebível perda de tempo.

Por exemplo, reuniões profissionais de networking, em que acontecem conversas frívolas, cujo único objetivo é autopromover-se profissionalmente, são bastante desagradáveis.

Quando se trata de conversar sobre assuntos considerados mais “profundos” e de seu interesse, porém, ele pode perder a noção do tempo.

Discussões e reflexões “filosóficas”, filmes e livros “cabeça” costumam estar entre as atividades preferidas dos introvertidos.

2. Eventos sociais não são vistos como oportunidades para conhecer pessoas.

Em reuniões sociais, o introvertido prefere passar tempo com pessoas que já conhece e tem bom relacionamento. Conhecer pessoas é uma consequência possível, mas desnecessária.

3. Ficar algum tempo “sem fazer nada” não traz a sensação de ser improdutivo.

Ao contrário, o introvertido muitas vezes PRECISA de um tempo a sós e sem fazer nada, principalmente depois de ter se exposto a situações de muita interação social.

Essa característica pode fazer com que a pessoa introvertida tenha dificuldade em dizer o porquê de estar indo embora de uma festa, por exemplo. Se alguém lhe disser “Está cedo. O que você vai fazer em casa?”, ela sabe que a resposta é “Nada”, mas sente que isso poderia ofender.

4. Dar aula para uma classe cheia? Ok! Papear depois com esses alunos? Não!

Há muitos introvertidos entre os melhores oradores, professores, palestrantes e artistas. O problema começa quando termina a aula / palestra / show e o introvertido precisa falar com as pessoas individualmente.

5. Sempre que possível, evitar ser cercado por pessoas.

Observe o introvertido escolhendo seu lugar num cinema, teatro, restaurante etc.

Provavelmente ele se sentará em lugar de onde possa sair facilmente, na hora que quiser (mesmo que essa não seja a intenção naquele momento), e sem pessoas rodeando por todos os lados.

6. Há um limite para dar atenção ao mundo externo.

Depois de algum tempo socializando ou lidando com estímulos do mundo exterior, o introvertido se cansa e precisa voltar-se novamente para dentro.

Na impossibilidade de recolher-se para um lugar onde possa fazer isso, ele pode deixar de considerar os estímulos externos onde quer que esteja, dando a impressão de ter “desligado”.

7. É melhor ser especialista em uma coisa do que fazer um pouco de tudo.

Consequência do modo como o introvertido pensa, é mais fácil e prazeroso concentrar-se e refletir sobre assuntos por longos períodos.

8. Receber ligações telefônicas pode ser muito hostil.

O introvertido típico mantém seu celular constantemente no modo silencioso, pois o simples fato de ouvi-lo tocando traz uma sensação ruim.

Quando recebe uma ligação, apenas observa, sem atender. Quando se sente psicologicamente preparado, ele retorna.

9. Percepção diferenciada a detalhes.

O introvertido capta coisas que passam despercebidas por outras pessoas, em especial informações visuais.

10. O monólogo interior é constante.

A maioria dos introvertidos sente necessidade de pensar antes de falar.

Além disso, o introvertido consegue criar uma alteridade (um “outro”) dentro de si mesmo, com a qual é possível refletir quase à semelhança de um diálogo.

11. A ideia de ter nascido “na época errada” ou ser uma “alma velha” é conhecida.

Grandes observadores, que absorvem muita informação e refletem antes de falar, introvertidos são frequentemente vistos como especialmente inteligentes / sábios.

12. Tanto faz estar aqui ou ali – o ambiente faz pouca diferença.

O introvertido é aquele que não se importa em ir sempre ao mesmo restaurante, bar, hotel etc. Afinal, para ele, não faz muita diferença.

Pesquisa com estimulação da produção de dopamina no cérebro de universitários constatou que os introvertidos, em relação aos extrovertidos, atribuíam a sensação de euforia muito mais a fatores internos, e não ao ambiente em que se encontravam.

13. Ficar sozinho é prazeroso.

Nesse ponto, deve parecer bastante óbvio que o introvertido não tem qualquer problema em ficar sozinho; ao contrário, a solidão é necessária para recuperar sua energia.

Ocorre que essa compreensão tem uma consequência prática importante: se vir um introvertido sozinho num ambiente com muitas pessoas, não insista em levá-lo para onde estão todos. É bastante provável que ele esteja bem e PREFIRA continuar ali.

14. Alternar entre fases longas de solidão e atividade social.

Alguns introvertidos podem, por demanda das circunstâncias de vida, se dedicar a períodos relativamente longos de atividade social.

Contudo, depois de uma fase dessas, eles se cansam e precisam voltar para si mesmos, compensando com fases de solidão e quietude.


Imagens: Pixabay / Freepik


ENTRE EM CONTATO:

Psicólogo Rodrigo Giannangelo
CRP 06/56201

No fim da página, inscreva-se gratuitamente para receber as atualizações!

Deixe uma resposta