Artigos

SÍNDROME DE SAVANT: JÁ PENSOU ACORDAR COM UMA HABILIDADE EXTRAORDINÁRIA?

Uma história sobre a “Síndrome de Savant Adquirida”.

Quando tinha 39 anos, o estadunidense Derek Amato se acidentou numa piscina e teve uma séria concussão cerebral, que o manteve semanas internado em um hospital.

Tempos depois, já totalmente recuperado, Derek estava na casa de um amigo, onde viu um teclado. De repente, sentou-se diante do instrumento e começou a tocar como um profissional.

Derek nunca havia tocado piano.

A Síndrome de Savant é um fenômeno psíquico raro, caracterizado por habilidades (intelectuais ou artísticas) extraordinárias que não dependem de prática ou aprendizagem prévias.

A Savant costuma surgir no início da vida, e tem sido frequentemente associada ao TEA (Transtorno do Espectro Autista).

Aparentemente, porém, também pode ser provocada por doenças (como o Alzheimer) e lesões cerebrais, como no caso de Derek.

Neste caso, a principal teoria vigente acredita que os talentos dos Savants emergem porque a área afetada pela doença/lesão (lobo temporal anterior do hemisfério esquerdo) estava inibindo habilidades artísticas já existentes. Ou seja, o sujeito não teria adquirido habilidades extraordinárias, mas apenas conseguido manifestá-las, livre daquela inibição cerebral.

Mas essa suposição ainda precisa ser mais bem fundamentada. Ainda que Derek tivesse uma espécie de “dom musical” escondido, como suas mãos sabiam exatamente em que teclas obter cada nota, se nunca haviam feito isso antes?

síndrome de savant

VEJA TAMBÉM (SÍNDROME DE SAVANT RELACIONADO):

https://rgpsicologia.blog/

Deixe uma resposta