Artigos

‘Nossas mentes estão programadas para ter prazer com o sofrimento dos outros’: psicóloga explica a lógica dos assassinos e criminosos | BBC

Quando falamos sobre assassinos, é comum usarmos as palavras "monstros" ou "perversos" para qualificá-los, como se eles fossem seres de outra espécie, absolutamente diferentes de nós. No entanto, todos somos capazes de matar, segundo Julia Shaw, uma psicóloga criminal alemã que vive em Londres e que passou anos explorando os cantos mais sombrios da mente humana.