Artigos

Inteligência Artificial consegue prever mortes com exatidão (mas ninguém sabe como) | History

Durante um evento da Associação do Coração dos Estados Unidos, em Dallas, Brandon Fornwalt, do Centro Médico Geisinger, da Pensilvânia, apresentou um estudo impactante. Nele, uma Inteligência Artificial (IA) foi capaz de prever com exatidão a morte de uma série de pacientes no prazo de um ano, baseando-se nos resultados de seus exames cardíacos.